Estas cabanas foram construídas em 1850 durante a época da escravatura e serviram como acampamento para os escravos, que trabalhavam nas salinas de forma a produzirem sal, uma das principais exportações de Bonaire.

Estas cabanas foram usadas como zonas de dormitório e serviram para guardar pertences. Em todas as tardes de sexta-feira, os escravos andavam durante 7 horas de Rincon - para passarem o fim de semana com as famílias - e regressavam aos domingos. Quatro obeliscos em Bonaire eram usados como marcos para mostrar, aos navios que chegavam, o caminho. Os obeliscos eram pintados de vermelho, branco, azul e laranja (as cores da bandeira holandesa).

Vá ao site